6 Alimentos Saudáveis e sem Arrependimentos

As frutas secas, secas ou desidratadas são obtidos ao se submeter a fruta fresca a um processo de secagem. Pode ser o sol ou com o uso de no, semelhantes aos fornos de ar, mas que funcionam a temperaturas muito menores.

A secagem das frutas tem dois propósitos:para poder consumi-las o ano todo, e concentrar o seu sabor para levá-los tal qual ou como ingrediente de várias receitas.

Pastelaria saudável

Às vezes nos apetece algo doce para beliscar entre as refeições. As frutas secas são uma alternativa mais saudável e que nos enche de energia ou até mesmo atraves do projeto fit 60d

Fora pastelaria

1. Ameixas, mover-se e protegem o seu intestino

As ameixas contêm antocianinas e compostos fenólicos, que as levam para os cumes dos alimentos mais antioxidantes.

Mas se recorre a elas quando há a necessidade de um estímulo que move o intestino. O conseguem graças ao seu conteúdo em fibra e em ácido clorogénico e neoclorogénico.

Vístelas de festa: derreter chocolate preto e cobre as ameixas. Antes você as preencher com algum fruto seco.

Prisão de ventre

2. Uvas, pequenas pílulas de vitalidade

As passas de apyrena ou de Corinto são pequenos, de sabor intenso e falta de sementes.

Ricas em açúcares, ferro (1 mg 30 g), manganês e vitamina B6, são muito energetizantes. Contém flavonóides, que protegem os neurônios.

A cozinha turca são famosas sobremesas como o asure, com cereais e frutos secos.

Alimentação infantil

3. Pêssego, vitamina A para as defesas e a vista

Cada pêssego de Calanda a crescer dentro de um saco de papel que protege e evita o uso de pesticidas. Estas frutas amarelas, grandes, suculentos e de sabor único a atingir seu melhor momento em outubro, mas graças ao secos podem desfrutar o resto do ano.

Aumenta a sua imunidade: 100 g fornecem 74% das necessidades diárias de vitamina A, essencial para a imunidade e a saúde dos olhos.

Desfrutar todo o ano

4. Figos, ossos fortes

Na hora de escolher o melhor figo seco, os critérios de excelência são: que tenham sido secados ao sol, que não tenham sido enharinado ou pulverizado com sulfitos para a sua conservação, que estejam bem envolvidos, que se mantenham moles e que libertam um aroma agradável.

Remineralízate: as contribuições de cálcio (162 mg em 100 g) e magnésio (68 mg) favorecem o bom estado do sistema músculo-esquelético.

Doce e saudável

5. Tâmaras, energia para sobreviver até no deserto

As tâmaras Medjoul, originários de Marrocos, destacam-se pela sua doçura e textura macia (são os únicos que podem ser comidos frescos).

Fornecem energia (135 calorias em 50 g, cerca de cinco tâmaras) e minerais, especialmente o potássio, o magnésio e os oligoelementos cobre e manganês.

Eficazes para combater a tosse, fervendo por alguns minutos com leite vegetal.

Rica em antioxidantes

6. Pera, uma delícia com efeito depurativo e preventiva

Até a fruta mais suculenta se torna um doce requintado, graças ao seco. Sua pectina , que reduz o colesterol e mantém limpo o intestino; desta forma, evita as infecções digestivas e o câncer de cólon.

Por outro lado, seus minerais e ácidos orgânicos produzem um efeito depurativo.

Na cozinha: além de utilizá-la como um lanche, doce ou sobremesa, pode ser um ingrediente de molhos e ensopados.

Esta entrada foi postada em Saude.